segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Lapsos de solidão: o ruim e o pior

me sinto só,
quando assisto filmes nas noites insones
e eles me fazem chorar ou
rir. mas me sinto pior
quando assisto filmes nas noites insones
e eles não são capazes
de me fazer
rir
ou chorar ou dormir. me sinto só,
quando leio algo interessante nas tardes frias e
não há ninguém interessante que
se interesse. mas é pior
quando as tardes estão quentes
e ausentes
e ausentes e não há nada interessante para ser
compartilhado. me sinto só,
quando acordo sozinho no lado esquerdo da cama, e
percebo que ela tem travesseiros demais
para minha cabeça
inquieta e insatisfeita, que tanto deseja não sabe bem o
quê. mas é pior
quando a ausência de sono me faz flertar com o lado direito,
tendo os travesseiros como única e
indesejável
companhia. me sinto só
quando como comida congelada, que meu
estômago tanto detesta que eu coma,
sentado sozinho no sofá
da sala,
enquanto constato a decadência e vulgaridade da 
t
e me sinto mais inteligente que a maioria 
das pessoasmas é pior
quando faço um almoço bacana - sabes que sei
cozinhar? - e coloco apenas  um
prato
na mesa da cozinha, imaginando outro
ao lado do sal,
do açúcar e da
insipidez dos
versos e
vírgulas e espaços
vazios.

3 comentários:

  1. Minha decadencia é profunda, o que é pior.

    ResponderExcluir
  2. Hoje compartilhei minha solidão com uma largatixa.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget