terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ego

era insaciável e
egoísta. consumia tudo e
todos ao seu redor e
quanto mais se alimentava,
mais faminto e
maior ficava. foi divertido
por uns tempos. mas acontece que a banalidade levou à
insipidez, e tudo não foi
suficiente. e o seu habitual vazio tornou-se
cheio de insatisfação.continuou mais vazio e faminto do que nunca.
devorou-se.
Ocorreu um erro neste gadget