quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Amores, desamores, poliamoares e amor nenhum


9 comentários:

  1. Belo texto,e verdadeiro!Procuram amor no outro e esquecem de si,do amor próprio!
    Abraço!

    www.anjoguerreirodeluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. todos somos egoístas e por isso perdemos muita coisa boa e pessoas interessantes ao longo do caminho!
    Belo post, seu texto é muito bom, me identifiquei muito!

    ResponderExcluir
  3. Moço, você comentou em meu post e disse que vampirismo é clichê, mas acho que não entendeu o mini-conto. Estou fazendo alusão ao uso de drogas em baladas, raves. Ela que tornam as pessoas vampiras que bebem droga e apenas isso. Se você voltar lá e ler com cuidado acho que irá perceber isso. Gostei dos desabafos de teu texto.

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo texto!parabéns tão sincero e intenso
    Amei o blog!valeu pelo comentário no meu cantinho

    beijokas tulipais

    ResponderExcluir
  5. Realmente! Percebo, inclusive, que existe uma forte campanha de marketing que tenta fazer uma divulgação exaltada deste sentimento chamado amor, nas novelas, nos filmes, nas músicas; porém, acho que isso só acaba por fazer com que as pessoas fiquem cada vez mais longe de descobrir o que realmente o amor é...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. e como amar e desejar ser amado, se nada se sabe sobre o amor proprio?

    ResponderExcluir
  7. acho que passamos a vida buscando em outras pessoa,algo maior,sem saber que isto na verdade está dentro de nós mesmo,fazemos questão de esquecer o fato de que para pode amar alguém de verdade,antes é preciso amar a si mesmo,e não ficar criando montros invisiveis e inventando desculpas só para esconder esse medo,essa limitação...

    esse comentario só foi uma observação superficial a respeito do teu poema
    que mais uma vez me obriga a dizeraquilo que você já deve estar cansado de ouvir:Parabéns,vc escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom!!! Você escreve muito bem. Primeiro o amor próprio para quem sabe, encontrarmos o amor no outro.

    beijos

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget